A INTUIÇÃO

0 23

Foi na minha adolescência que comecei a ver jogos das equipas adulta/sénior e observando os tiros livres, sempre o primeiro toque, o primeiro passe era quase sempre o mesmo jogador. Só modificava algo quando a falta era na risca da área. Cabe frisar que naquela época toda saída do goleiro / guarda redes fora da área de 4 metros e este tocando a bola era assinalado pelo arbitro um tiro livre um pouco fora da risca da área. As barreiras tinham uma distância de 4 metros.

A partir dos juvenis fui quase sempre designado nas faltas a fazer o primeiro movimento, o primeiro passe. Com o passar do tempo você desenvolve tamanha intuição que nos torna extremamente hábeis nesse toque.

A nossa intuição de como reagirá o adversário e a barreira chega a ser quase perfeita com o passar dos anos e a gente percebe que a boa execução de um tiro livre depende primeiramente e em grande parte do primeiro movimento.

Jovens treinadores atenção.

Construam a base do edifício do seu conhecimento de forma sólida, forte.

INICIEM SEMPRE PELO COMEÇO. TENHAM PACIENCIA.

Aqui estarei principalmente para os treinadores de crianças do mundo inteiro, estou ao dispor para qualquer opinião minha que desejem saber.

Abraço a todos,
Zego

Leave A Reply

Your email address will not be published.