FORMAÇÃO “FUNDAMENTOS DE JOGO DE 1”

0 293

Área Técnica
“Fundamentos de jogo de 1”, por Sara Almeida
Treinadora de Futsal Nível 3 – UEFA A

A convite do Rui da Cruz, aceitei com muito prazer lançar um novo artigo mais direcionado para a formação, neste caso, desenvolver sobre os fundamentos de jogo de 1.

Falar de fundamentos de jogo de 1, é falar da importância que o 1×1 tem no jogo e para falar desta importância temos de raciocinar segundo o modelo de etapas de formação do Futsal.
Mas ao falar através das etapas de formação, temos de perceber que o jogo 1×1 acontece mais no escalão petiz, no sub 6/7 anos e não nos benjamins. Ora vejamos o porquê, quando a criança de 6 anos pega na bola, a primeira coisa que faz é conduzir a bola para a  baliza.

E se colocarmos um obstáculo?
A criança vai procurar fintar o obstáculo com o controlo da bola (por vezes com a mão quando se fala da iniciação). Mas lá está, fintar o “obstáculo” – fintar o adversário (1×1).

Dizem que a “salsa” do Futsal é o 1×1 (segundo Adri Martiño), é a maneira mais simples e  eficácia inadequada para uma defesa organizada.

Em que escalões acontece?
Bem, se formos a ver e planear os exercícios, podemos fazer o seguinte:

Escalão PETIZES e TRAQUINAS – iniciação:

  • Situações 1×0, 1×1 e 2×1;
  • Extrair situações simples do jogo para simplificar.

Escalão BENJAMINS e INFANTIS – desenvolvimento desportivo:

  • Situações 1×0, 1×1, 2×2, 2×2 e 3×2;
  • Simplificar e adaptar o jogo sem desnaturalizar.

Escalão INICIADOS – tecnicização:

  • Situações de 1×0, 1×1, 2×1, 2×2, 3×2, 3×3 e 4×4;
  • Adaptar o jogo para buscar situações específicas.

Escalão JUVENIS e JUNIORES – perfeccionismo:

  • Situações de 1×1 a 4×4;
  • Dificultar o jogo real;
  • Jogo real como próximo objetivo.

Desenvolvimento e interpretação do jogo.
A capacidade de ler o jogo, de ver as vantagens do companheiro em espaços que não são muito próximos da criança, aos poucos vai com a idade. Uma criança traquina só verá espaços próximos a ele, então é normal que ele muitas vezes toma decisões erradas no jogo coletivo. Portanto nesta situação, é um escalão ideal para trabalhar em crianças o seu manuseio de bola, sua habilidade com a bola, seus recursos técnicos e, evidentemente, seu 1×1.

Mas os benjamins irão melhorar muito mais, o 1×1 tem que ser um objetivo prioritário e no próximo, deve ser de enorme importância no treino diário e, claro, no nosso modelo de jogo ofensivo.

E agora?! Acabamos de ver que em todos os escalões trabalha-se fundamentalmente o jogo 1×1. E perceber quais são os fundamentos importantes para o trabalho do jogo 1×1? Veremos no próximo artigo!

Para terminar, apenas realçar que o objetivo principal da formação na iniciação tem a ver com dois pontos importantes na carreira de treinador/a:

Ponto 1
Desenvolvimento motor, convivência social, trabalho em equipa, tomada de decisão, disciplina, vencer e perder (Felipe Sá Futsal);

Ponto 2
Futsal é brincar; Futsal é jogo. Toda criança merece e tem direito a isso. Seja na escola, na rua, na praça ou na escolinha, uma bola no pé e amigos para jogar, Futsal não tem contra-indicação (Felipe Sá Futsal).

Espero que tenham gostado e aguardem ansiosamente pelo próximo exercício!

Sara Almeida

Leave A Reply

Your email address will not be published.